Real Madrid – Negociação, Kaká



Agora é oficial: Carlo Ancelotti é o novo treinador do Real Madrid, e o italiano afirmou que pretende observar Kaká, antes de dar o aval ou não, para que o meia-atacante permaneça no grupo; no entanto a imprensa espanhola tem declarado que a intenção da diretoria do Real Madrid é negociar o brasileiro, devido ao alto salário deste.

Caso não permaneça no Real, o destino mais provável de Kaká seria seu ex-clube, o Milan, que de acordo com vários periódicos italianos, prefere o japonês Keisuke Honda ao brasileiro; um dos motivos seria a idade do asiático, 27, quatro a menos que Kaká.



Honda é titular absoluto da seleção japonesa, que disputou, recentemente, a Copa das Confederações, no Brasil, sendo eliminada ainda na primeira fase; o jogador atua pelo CSKA da Rússia, e custaria "apenas" 2 milhões de euros aos cofres italianos.

Pesa a favor de Kaká o fato do brasileiro ser ídolo da torcida do clube, já que neste ganhou inúmeros títulos, e em 2007 foi considerado o melhor jogador de futebol do mundo, prêmio concedido pela FIFA. Kaká jogo no Milan entre os anos de 2003 a 2009.

Por Vinicius Cunha





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *