Corinthians – Itaipava é a possível compradora do “naming rights”



  

A diretoria do Corinthians realiza os últimos ajustes financeiros para finalização da arena que o clube está construindo, e os R$ 400 milhões que acertou em empréstimo junto ao BNDES está prestes a ser repassado ao clube.

O maior problema é a necessidade de que um banco faça o intermédio entre o BNDES e o clube, pois é preciso que o este forneça garantias à instituição repassadora. Segundo Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, o acerto deve sair nos próximos dias.

Outro fator financeiro que o Timão vem discutindo, em sigilo, é a venda do naming rights referente à arena do clube, que será sede da abertura da Copa de 2014; a expectativa da cúpula corintiana é que seja arrecadado mais de R$ 400 milhões com a venda, e quem surge como maior candidata à compra é a Itaipava, produto da Cervejaria Petrópolis.





Segundo Andrés Sanchez, tudo é tratado como se fosse "segredo de Estado", afirmando que nem seu filho sabe do teor das informações, porém admitiu que há quatro ou cinco empresas interessadas, ressaltando que as negociações estão se afunilando, acreditando que muito em breve trará novidades à baila.

Por Vinicius Cunha



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *