Palmeiras – Plano para evitar violência nos estádios



  

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre está organizando um plano para tentar conter a violência no estádio. No próximo jogo do clube alviverde – o primeiro como mandante neste ano – contra o Paulista de Jundiaí pelo campeonato estadual, serão exibidas diversas faixas pelo estádio, com frases como “Não prejudique seu clube de coração”, “Não utilize sinalizadores nos estádios”, e “Ajude na identificação de infratores.

Esta é a primeira das várias medidas que o presidente do Palmeiras pretende para acabar com a violência nos estádios, ainda mais incentivada pela postura agressiva tomada pela torcida após a volta do clube de Buenos Aires, onde perdeu para o Tigre por 1 a 0 na Libertadores da América. Todas os recursos que o Palmeiras oferecia a mancha verde e outras torcidas organizadas foram cortadas.

A Mancha Verde ainda defende sua posição agressiva creditando a hostilização da torcida devido a um gesto obsceno do atacante Valdívia, que já havia se estranhado com a torcida no jogo contra o Penapolense no campeonato Paulista, criticando tanto o jogador como o presidente Paulo Nobre. Contudo, nas redes sociais, a reação dos não-membros das torcidas organizadas contra as facções é visivelmente negativa.





O presidente ainda espera contar com o apoio de dirigentes de outros clubes – em especial os que estão participando da Libertadores da América – além do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. “Se necessário, vou falar com a Dilma (Roussef, presidente da República). Gostaria muito que os presidentes dos outros clubes abraçassem essa ideia, porque temos uma Copa aqui no ano que vem, e esse tipo de atitude é péssima. É uma empreitada de todos”, afirma o presidente.

Por Willian Gonçalves



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *