Dunga pagará multa de 15 cestas básicas



  

O técnico do Internacional, Dunga, escapou de uma suspensão de até 12 jogos do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS), mas não saiu ileso. Por ter dito haver um complô na Federação Gaúcha para prejudicá-lo, Dunga terá de pagar uma multa de 15 cestas básicas.

No jogo entre Internacional e Esportivo, válido pela semifinal da Taça Piratini (o segundo turno do Campeonato Gaúcho), Dunga foi expulso pelo árbitro Francisco Neto por reclamar acintosamente e, ao deixar o campo de jogo, disse que "Fizeram uma reunião na federação gaúcha para me f*#!", afirmou o técnico na ocasião.

O Internacional não esperou chegar a sentença do técnico Dunga no julgamento. Prevendo uma punição pesada por conta da gravidade das declarações, o clube negociou  um acordo com a Procuradoria do TJD-RS, que sequer vai levar o técnico a julgamento. O acordo prevê apenas a  doação de 15 cestas básicas a instituições de caridade.





O Internacional foi campeão da Taça Piratini no último domingo e, desde o incidente contra o Esportivo, Dunga não voltou a falar mais no assunto. A direção do Inter teria reclamado duramente do treinador.

Por Julio Abreu



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *