Libertadores – Diretor do São Paulo critica atuação



  

O vice presidente do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, disse à Radio Bandeirantes que, apesar da vitória do tricolor paulista sobre o The Strongest, pela Copa Libertadores, a atuação foi vergonhosa.

O técnico Ney Franco, ao ser comunicado sobre a crítica, demonstrou não gostar nem um pouco da declaração, pois segundo o mesmo, críticas com esse teor devem ser manifestas de forma interna. É aquele velho ditado: "roupa suja se lava em casa".

O treinador do São Paulo não tem razão para temer uma possível queda, pois o clube faz bela campanha no Paulistão e na Libertadores. Não há motivos de preoucupações e alerta, pois perdeu fora de casa,mas venceu no Morumbi. Tudo dentro da normalidade.





O diretor, autor das críticas, teve uma atitude impensada, pois o mesmo está no cargo já a um certo tempo e já deveria ter adquirido experiência o bastante para saber o que pode ser falado à imprensa.

O São Paulo voltou ao campo no domingo, 03/02, às 18h30min, em Penápolis, contra a Penapolense. João Paulo de Jesus Lopes, até o momento, não se manifestou; talvez esteja calado com o intuito de por panos quentes sobre o assunto.

Por Vinicius Cunha



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *