Atlético-MG x São Paulo – Melhores Momentos do Jogo



  

Precisando vencer para não ver o Fluminense abrir vantagem na ponta da tabela, o Atlético-MG recebeu o São Paulo em Minas Gerais com seu time quase completo. Dominando a partida do início ao fim, o Galo confirmou o favoritismo e manteve-se perto da liderança do campeonato.

Contando novamente com Réver, que voltou da seleção brasileira, o Galo começou o jogo calmamente. Sem pressa para atacar o time paulista, o Atlético trocava passes até encontrar uma chance de investida. A primeira veio aos 13 minutos. Leonardo recebeu um cruzamento e desviou para o gol, mas Rogério Ceni conseguiu fazer a defesa. Com uma boa marcação, o São Paulo conseguia dificultar o jogo atleticano. Com a expulsão do lateral Douglas, o tricolor, que não havia chegado nenhuma vez com perigo ao ataque, recuou ainda mais. Ronaldinho Gaúcho, em belo chute, quase marcou para os mineiros, mas Rogério mais uma vez salvou. Aos 38 minutos, Bernard, que renovou contrato com o clube, fez boa jogada e assustou mais uma vez Ceni, mas o goleiro estava atento e pegou novamente. Com uma zaga bem postada, o São Paulo conseguiu descer para os vestiários com a igualdade no placar.

Em vantagem numérica, o Atlético voltou para o segundo tempo ainda mais presente no ataque. Com a presença do veloz Neto Berola em campo, o Galo apostava nas jogadas laterais para chegar ao gol. Ronaldinho, aos 5 minutos, teve a primeira boa chance da segunda etapa. Réver, aos 9 minutos, teve outra chance, mas cabeceou por cima. 4 minutos depois, foi a vez de Leandro Donizete tentar, para mais uma defesa do goleiro são-paulino. Após tanta pressão, o Atlético foi recompensado. Bernard cruzou e Leonardo abriu o placar para o galo mineiro. 4 minutos depois do gol, Rogério Ceni, trabalhando muito na partida, fez outra boa defesa em chute de Leandro Donizete. Já com a vantagem no placar, o Galo diminuiu o ritmo e começou a trocar passes, sem correr perigos na defesa. Ainda assim, encontrava chances para ampliar. Neto Berola parou na trave, enquanto Ronaldinho cobrou falta perigosa para fora. Marcos Rocha, aos 44 minutos, teve a última grande chance, em lance que Rogério Ceni novamente fez bela defesa.





Com os 3 pontos somados, o Atlético-MG chega a 51 pontos, 2 a menos que o líder Fluminense. O time mineiro possui um jogo a menos. O São Paulo, por outro lado, fica com 36 pontos, na 6ª colocação.

Por Augusto Cesar



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *