Prince of Persia 4: Análise do jogo



  

O novo jogo da série Prince of Persia para PS3 foi um grande desastre.

O jogo não tem gráficos muito chamativos por uma questão de estilo, pois os produtores optaram por um aspecto mais parecido com cartoon. Porém o jogo tem várias falhas de roteiro e decepciona muitos fãs da série.

Nos outros jogos, o Príncipe (seu nome nunca foi mencionado) era muito mais sério, intrigante e portanto mais interessante. Na nova história, o Príncipe é um garoto inconsequente que está sempre fazendo piadas e usando de um sarcasmo infantil e desconexo com a personalidade original do herói.

Além disso, há algumas brincadeiras no roteiro que agravam o quadro. A personagem Farah do terceiro jogo da série para PlayStation foi substituída por um burrinho, e a série tem uma nova mulher como amante do Príncipe.





A jogabilidade caiu muito. As cenas de luta são muito cinematográficas e pouco dinâmicas. Perdeu-se a grande magia que tinha nos jogos anteriores, principalmente no The Two Thrones, de grandes movimentos acrobáticos. Ainda há alguns, mas perdem o estilo parkour do antecessor.

Alem disso a história é muito infantil. Tudo se resume a aprisionar o deus das trevas e transformar tudo em grama verde novamente. Não há conflitos internos dos personagens, não há batalhas realísticas homem-a-homem e não há expectativas para o final.

Em resumo é um jogo bem entediante. Os fãs da série sem dúvida se decepcionaram.

Por Isac Silva



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *